Coworking em São Paulo inicia série de exposições com artistas urbanos

Com a curadoria do renomado artista Walter Nomura, o “Tinho”, a primeira exposição será com a grafiteira Katia Suzue.

Com a curadoria do renomado artista Walter Nomura, o “Tinho”, a primeira exposição será com a grafiteira Katia Suzue.

A mostra de Ktia ficará por 3 meses, quando será substituída por um novo artista.

A mostra de Ktia Suzue ficará aberta por três meses.

No dia 21 de dezembro acontecerá o coquetel de inauguração da exposição FLU-I-DEZ, com a artista Katia Suzue, a primeira a expor no espaço de coworking Eureka, localizado na Vila Mariana, zona sul da cidade de São Paulo. A mostra ficará aberta por três meses, quando será substituída por um novo artista. “Queremos estimular a arte e a criatividade das pessoas em nosso ambiente, tenho certeza que essa mostra fará isso”, conta Daniel Moral, fundador do Eureka Coworking, espaço que receberá a exposição.

O Graffiti é uma arte que nasceu na cidade de Nova Iorque nos anos 70, como forma de protesto e se transformou em um dos pilares da cultura Hip Hop. Nos anos 80, começaram a surgir os primeiros grafiteiros no Brasil, inspirados pelo filme Beat Street e pela cultura americana. Desde então muita coisa mudou e o Brasil alcançou um ótimo patamar mundial na arte, se destacando com um estilo original, conquistando as galerias do mundo inteiro.

Um dos artistas pioneiros no Brasil é o Walter Nomura, o Tinho, que no dia 21 de dezembro inaugurará um novo conceito de exposição dos artistas urbanos. “Queremos trazer para dentro do ambiente de trabalho das pessoas um pouco mais de arte e cor”, diz o artista, que é curador da primeira exposição dentro de um coworking da cidade.

SERVIÇO:

As reservas para o coquetel podem ser realizadas até o dia do evento pelo link: http://expokatiasuzue.eventbrite.com.br e são limitadas.

Deixe um comentário

*