Conheça 10 curiosidades sobre o STRONG by Zumba®

Modalidade coletiva promove um trabalho corporal intenso e completo, com alta perda calórica.

Você já ouviu falar em STRONG by Zumba*? A modalidade que invadiu as academias no Brasil tem um nome familiar a uma aula de ritmo, mas não é. São 55 minutos de utilização do peso do corpo para realizar exercícios pliométricos (saltos) e explosivos, que tonificam os músculos de todo o corpo, além de realizar um trabalho cardiorrespiratório. Conheça as curiosidades sobre a nova opção na rotina fitness, por Giuliano Cangiani, Master Trainer da modalidade:

1. Não é uma aula de DANÇA! Apesar de ter a Zumba em seu nome – por ser da mesma empresa – o STRONG by Zumba* é uma aula funcional, em um formato totalmente diferente.

2. A música é perfeitamente sincronizada com os movimentos. É a única aula de fitness em que a música é elaborada por engenharia reversa, para corresponder a cada movimento. A sincronia de cada som com cada exercício tem o papel de manter a pessoa motivada a seguir o ritmo da aula e ampliar seus limites. “Estudos mostram que a movimentação em sincronia com a música permite que o corpo use a energia de forma mais eficiente e que a música possa distrair as pessoas da dor e da fadiga, elevar o humor, aumentar a resistência e até mesmo promover a eficiência metabólica”, explica Cangiani.

3. Suor garantido. A aula é dividida em 4 quadrantes, que duram de 8 a 12 minutos. Entre eles existe uma recarga de 30 a 90 segundos, quando o aluno recupera o fôlego.

4. E a queima continua… Após a aula, ocorre o efeito EPOC, quando o organismo continua queimando calorias após a aula, por conta da alta intensidade. “Pesquisas concluíram que independente de idade, sexo ou nível de condicionamento físico, os exercícios HIIT, como o STRONG By Zumba*, podem aumentar a resposta ao treinamento fisiológico e resultar em maior queima calórica, aumentando a capacidade do organismo de queimar calorias, mesmo após o treino”.

5. Barriga tanquinho. No final da aula, o aluno executa exercícios abdominais e para toda região do core, músculos importantes e responsáveis pela sustentação da coluna.

6. Bom para a mente. Além de fazer a manutenção do corpo, a aula também promove a melhora da coordenação motora, aumento da agilidade, da força, da resistência aeróbia e o combate ao stress com músicas que motivam o aluno durante todo o treino (mas não, não é Zumba).

7. Também tem movimentos de luta! Para os fãs de artes marciais, a aula contempla movimentos de kickboxing, movimentos isométricos intercalados com movimentos pliométricos e movimentos explosivos, como levantamento de joelhos, burpees, entre outros.

8. Novo shape em 28 dias? Uma das propostas do STRONG by Zumba* é o desafio SBZ 28 DIAS, no qual o praticante da modalidade já pode notar diferenças no corpo após esse período. “Se o aluno fizer as aulas, no mínimo 3 vezes por semana, já poderá sentir os efeitos positivos. É importante, claro, aliar a prática a hábitos alimentares saudáveis”.

9. É uma tendência. O American College of Sports Medicine (ACSM) entrevistou mais de 4.000 profissionais do universo fitness e o resultado foi que o Treinamento de Intervalo de Alta Intensidade (HIIT) é a tendência mais popular em condicionamento físico neste ano. Além disso, o treinamento em grupo é outra tendência, pois é eficaz para pessoas com diferentes níveis de aptidão, com instrutores que utilizam técnicas de liderança para ajudar os alunos a atingirem os objetivos de fitness.

10. É para todo mundo! Apesar da alta intensidade, todos podem praticar a modalidade. “O professor adapta a aula conforme o condicionamento de cada aluno, para que ele consiga fazer a aula toda e, assim, se superar seus próprios limites”.

#STRONG #Zumba #ACSM #GiulianoCangiani #HIIT

Deixe um comentário