Como levar dinheiro em viagens internacionais

O modelo mais adequado depende do tempo e finalidade da viagem e a disponibilidade do turista em economizar.

O modelo mais adequado depende do tempo e finalidade da viagem e a disponibilidade do turista em economizar.

Atualmente, o turista consegue resolver muitos dos problemas de uma viagem internacional com poucos cliques na Internet. Ele consegue pagar, do Brasil, reservas de voos, hotéis, aluguel de carro e outras facilidades que garantem um passeio tranquilo e proveitoso. Entretanto, o bom viajante sabe que imprevistos podem acontecer e é preciso ter uma quantia extra em mãos para evitar dores de cabeça.

Qual a melhor forma para levar esse dinheiro ao exterior? Até 2013 o cartão pré-pago era o líder na preferência. Porém, houve uma alta no Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), equiparando as alíquotas. Agora, todas as modalidades tiveram as taxas fixadas em 6,38% do valor total a ser transferido lá fora, com exceção do dinheiro vivo. O modelo mais adequado, portanto, depende do tempo e finalidade da viagem e a disponibilidade do turista em economizar. Conheça algumas vantagens e desvantagens de cada método:

Dinheiro em espécie

Vantagens: baixo IOF (0,38%), maior controle dos gastos e sem uso de cartões e senhas.

Desvantagens: pouca segurança, câmbio desfavorecido e acima de R$ 10 mil tem precisar ser declarado à Receita (R$ 10 mil).

Indicação: para quem quer economizar e vai fazer uma viagem curta.

Conta no exterior

Vantagens: baixo IOF (também 0,38%), mais segurança e facilidade em transações.

Desvantagens: tarifas bancárias, não há comparação de câmbio e o usuário precisa gerenciar uma nova conta.

Indicação: para quem vai ficar mais de três meses fora do Brasil.

Cartão pré-pago de empresa internacional

Vantagens: maior controle dos gastos e facilidade em adquirir e carregar o cartão.

Desvantagens: pagamento de taxas, envio de cópias do documento para a solicitação e câmbio desfavorecido.

Indicação: apenas em viagens corporativas.

Cartão de crédito

Vantagens: acúmulo de pontos, facilidade de uso e controle da fatura.

Desvantagens: variação cambial e nem todo local aceita

Indicação: seu uso é recomendado para reservas de hotéis, aluguel de carros e despesas não previstas.

Cartão pré-pago de viagem

Vantagem: câmbio fixo na data de carregamento do cartão.

Desvantagens: alta taxa do IOF e não é aceito em todos os lugares.

Indicação: mais adequado para viagens longas e para o usuário que não abre mão de segurança.

Saque da conta-corrente no exterior

Vantagem: ótimo para casos de emergência.

Desvantagens: taxas bancárias e alta alíquota do IOF.

Indicação: apenas para emergências e imprevistos.

SERVIÇO:

ViajaNet

O ViajaNet é uma agência de viagens online que traz diferenciais no atendimento e nos serviços ao consumidor com um portfólio completo, incluindo destinos, hotéis e voos em todo o mundo. Fundado em 2009, o ViajaNet é uma empresa 100% nacional e aposta no mercado brasileiro e no setor de viagens online, oferecendo as melhores opções de passagens. Para informações, acesse:  www.viajanet.com.br, www.facebook.com/ViajaNete @ViajaNet.

Deixe um comentário

*