Comilança da ceia de Natal pode ser saudável e equilibrada

Nutricionista dá dicas para cuidar da alimentação nesta época do ano e evitar os exageros.

Nutricionista dá dicas para cuidar da alimentação nesta época do ano e evitar os exageros.

O Natal é um convite à comilança, mesa farta e abandono temporário da dieta saudável e balanceada. Camila Giacomini, nutricionista do Hospital São Luiz Morumbi, dá algumas dicas para manter a saúde equilibrada nesta época do ano sem evitar as delícias da tradicional ceia de Natal.

“Um cardápio equilibrado para a ceia deve seguir o padrão de distribuição dos grupos alimentares. Ou seja, uma porção médica de carne sem gordura, uma porção média de carboidrato, como arroz com passas ou massa recheada, salada e legumes à vontade”, explica Camila.

Preparações com creme de leite, maionese, queijos e frituras devem ser consumidos com moderação. Ingredientes leves deixam a ceia mais saudável e ainda podem dar um ar sofisticado ao cardápio. Uma boa opção são os molhos à base de iogurte desnatado e preparações assadas enfeitadas com frutas e legumes. A ricota também é uma boa pedida para ser incorporada nas entradas ou pratos principais.

A nutricionista alerta para o consumo excessivo de alimentos gordurosos tarde da noite. “O consumo exagerado dificulta o processo digestório podendo causar dores abdominais e mal estar geral”, diz Camila.

Cuidados especiais

Hipertensos: devem tomar cuidado com o consumo de temperos prontos. Esses ingredientes contêm alto teor de sódio, sendo prejudicial para quem precisa restringir o consumo de sal. A ceia dos hipertensos deve ser temperada com ingredientes naturais, como alho, cebola, cheiro verde, coentro, alecrim e louco. Carnes já temperadas também devem ser evitadas.

Diabéticos: a melhor sobremesa para os diabéticos continua sendo as frutas da época, como pêssegos, nectarinas e preparações diet.

Deixe um comentário

*