Chocolate amargo na Páscoa para evitar a depressão

zzz

Um dos nutrientes do chocolate amargo é o triptofano, precursor da serotonina, ajudando a combater a ansiedade e a depressão.

Por Liane Beringhs – Nutróloga

O chocolate possui substâncias antioxidantes, chamadas de flavonoides, que combatem os radicais livres, protegem o organismo contra o envelhecimento e o aparecimento de doenças cardiovasculares e outros benefícios. Essas propriedades estão presentes no cacau, por isso é importante a ingestão do chocolate amargo, já que este possui maior quantidade de cacau. 

Um dos nutrientes do chocolate amargo é o triptofano, precursor da serotonina, hormônio responsável por proporcionar sensação de bem estar, bom humor e relaxamento, ajudando a combater a ansiedade e a depressão. Como possui também na sua composição cafeína e teobromina, que são estimulantes, o chocolate agiliza o raciocínio.

Apesar dos benefícios que ele proporciona para a saúde, não deixa de ser um alimento calórico. É recomendado ingerir até 30 gramas por dia, ou seja, um quadradinho. Evite comprar chocolate ao leite pensando que os benefícios serão os mesmos. Quanto mais amargo (com maior concentração de cacau), melhor. Consumir em grandes quantidades também pode causar insônia e nervosismo, devido à associação de cafeína e teobromina, substâncias estimulantes.

SERVIÇO:

Liane Beringhs – Nutróloga

e-mail: lianeberinghs@terra.com.br 

Deixe um comentário

*