Chega ao mercado “Vinhetica”, nova marca de vinho brasileiro

Terroir de Rosé e Terroir de Rouge - primeiros vinhos da marca - já podem ser encontrados nos mercados de São Paulo, Rio de Janeiro, Gramado, Florianópolis e Curitiba. 

Os novos vinhos já podem ser encontrados nos mercados de São Paulo, Rio de Janeiro, Gramado, Florianópolis e Curitiba.

Apaixonados e estudiosos de vinhos agora contam com mais uma marca para apreciar: trata-se da Vinhetica, uma nova vinícola brasileira com sotaque francês.  Ligada aos três eixos de desenvolvimento sustentável – ecologicamente correto, socialmente justo e economicamente viável – a Vinhetica – junção das palavras vinho e ética – surgiu a partir do sonho do enólogo francês Gaspar Desurmont de produzir um vinho brasileiro com tradição francesa. Jean Pierre Bernard, que é francês, mas divide seu tempo entre o Brasil e sua terra natal há mais de 45 anos, se entusiasmou com a ideia. 

“Conheci Desurmont, que ao contar-me sobre seu sonho de produzir um vinho brasileiro, com tradição francesa, despertou meu interesse. O projeto consiste em desenvolver um vinho sustentável e de qualidade numa região brasileira em plena expansão vinícola, a Campanha Gaúcha. As uvas são compradas de quatro pequenos produtores que a vinícola apóia”, explica Jean Pierre. 

Aplausos da crítica

Já presente nos mercados de São Paulo, Rio de Janeiro, Gramado, Florianópolis e Curitiba, a Vinhetica conta atualmente com dois vinhos: Terroir de Rosé e Terroir de Rouge.”O Rosé tem uma coloração rosa framboesa com reflexos de lichia e é exatamente o que encontramos no nariz e na boca: frutado, fresco e elegante. É o vinho ideal para aperitivos e pode acompanhar qualquer refeição, como frutos do mar, saladas, pratos com frutas ou legumes, etc.”, explica o enólogo francês Gaspar Desurmont. “Já o Terroir de Rouge é um vinho leve, com tom violeta e reflexo brilhante, cheio de vitalidade, apoiado por uma acidez no final, que na boca, tem bom equilíbrio, e no paladar, encontram-se taninos suaves, com uma pitada de pimenta-do-reino”, diz. 

Recém-lançada, a marca já despertou a atenção de renomados críticos da área, como Arthur Azevedo, Gabriela Monteleone, Didu Russo, Laurent Suaudeau e Emmanuel Bassoleil. No próximo ano, a Vinhetica seguirá a produção dos mesmos vinhos da safra 2014 e acrescentará um espumante, um branco e um segundo tinto. A ideia é também desenvolver seu portfolio com produtos alimentares naturais produzidos na Campanha Gaúcha, como azeite de oliva e queijos de ovelha.

Deixe um comentário

*