Campanha para identificação inusitada divulga o Dia Mundial do Diabetes 

“Diabetes IdentiArte” traz histórias reais de quem enfrenta a doença e mostra a importância de usar um identificador eficaz para pessoas com diabetes. (Foto: Casa de Vídeo)

“Diabetes IdentiArte” traz histórias reais de quem enfrenta a doença e mostra a importância de usar um identificador eficaz para pessoas com diabetes. (Foto: Casa de Vídeo)

A ADJ Diabetes Brasil lançou uma campanha visando ajudar a vida de  milhões de pessoas com diabetes. No dia 13 de novembro – um dia antes do dia mundial da diabetes – entrou no ar  “Diabetes IdentiArte”, que apresenta uma ideia diferente de identificação: tatuagens informativas. Além de indicar a situação da pessoa quando ela própria não tem condições de fazer isso, como em casos de perda de consciência, a tatuagem é carregada de significado e estilo, sendo uma ótima alternativa aos acessórios tradicionais usados por quem tem a doença, como pulseiras e colares.

No mês em que é celebrado o Dia Mundial do Diabetes (14/11), a campanha “Diabetes IdentiArte”, criada pela agência NewStyle em parceria com a ADJ, reúne pessoas com diabetes para contar suas histórias e fazer um acessório que jamais poderá ser esquecido ou perdido, em um dos estúdios de tatuagem mais renomados do Brasil, o Led´s Tattoo.

O objetivo da ação é chamar a atenção para essa doença silenciosa que atinge 13 milhões de brasileiros, estimular a aceitação do diabetes e convidar pessoas com essa mesma condição e um perfil pré-determinado a fazer gratuitamente uma tatuagem de identificação, a fim de aumentar sua segurança e autoestima.

Por isso, quem tem diabetes e deseja participar, basta acessar  www.identiarte.com.br para saber mais e fazer a inscrição. 

SERVIÇO:

ADJ

Fundada em 10 de março de 1980, a ADJ Diabetes Brasil é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, legalmente registrada no Registro Civil de Pessoas Jurídicas. Seu objetivo é promover educação nesse campo para pessoas com diabetes, familiares, profissionais de saúde e comunidade. A ADJ busca também favorecer a qualidade de vida.
Atende gratuitamente as pessoas com todos os tipos de diabetes, de qualquer faixa etária e classe socioeconômica. Oferece um trabalho integrado realizado por uma equipe multidisciplinar formada por psicóloga, nutricionista, enfermeira e voluntários (indivíduos com diabetes ou familiares).

Deixe um comentário

*