Campanha Juntos Somos + Rosa traz mostra a São Paulo, alertando sobre os riscos e a prevenção do câncer de mama

A campanha faz parte das ações do Outubro Rosa 2015 e tem como objetivo de desmitificar a doença.

A campanha faz parte das ações do Outubro Rosa 2015 e tem como objetivo de desmitificar a doença.

Você sabia que alguns dos principais monumentos brasileiros ganharam uma iluminação rosa em outubro? Entraram nessa onda o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, o Viaduto do Chá, em São Paulo, e outros cartões postais nacionais. Todos eles aderiram à campanha mundial Outubro Rosa que visa alertar para a importância da prevenção no combate ao câncer de mama.

O movimento começou nos Estados Unidos. Lá, unidades da federação aproveitavam outubro para lançar, isoladamente, ações de prevenção e educação sobre o câncer de mama. A causa ganhou força em 1997, quando entidades sem fins lucrativos decidiram adotar iniciativas nesse mesmo mês, principalmente nas cidades de Lodi e Yuba City, na Califórnia. Começava o Outubro Rosa.

Duas empresas a Cryah Agência Digital e a assessoria de imprensa Lily Press Comunicação, ambas em São Paulo, em parceria com o fotógrafo Pedro Fernandes, criaram para este ano a ação Juntos Somos + Rosa, que retratam fotos de mulheres que venceram a doença, mulheres em tratamento, mulheres de todas as etnias, idades e biotipos para alertar que o câncer de mama não escolhe cor, idade, condição social e gênero. “Traremos, portanto, esse alerta e ao mesmo tempo trabalharemos a diversidade e o mais importante a prevenção, o se cuidar, o se amar, o se tocar, porque o câncer não espera e ele é apolítico”, enfatizam a jornalista Aline Félix e a designer Thays Abrantes, organizadoras da campanha. 

A campanha será retratada em cartazes com frases de efeitos e impactantes para chamar a atenção da população para o segundo tipo de câncer mais frequente no mundo e o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Segundo o INCA, se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom. No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%. Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta faixa etária sua incidência cresce rápida e progressivamente. Estatísticas indicam aumento de sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nas décadas de 60 e 70 registrou-se um aumento de 10 vezes nas taxas de incidência ajustadas por idade nos Registros de Câncer de Base Populacional de diversos continentes. 

“Na abertura da ação, além de muita informação, estaremos recebendo lenços para doarmos a mulheres em tratamento, doações de exames de mamografia, em parceria do a UNACCAM (União e Apoio no Combate do Câncer de Mama), a palestra com jornalista e escritora Vânia Castanheira do blog e livro “Minha Vida Comigo”, que venceu um câncer de mama, teremos sorteios de brindes e entregaremos o laço rosa símbolo do movimento a cada visitante”, conta Thays Abrantes.

SERVIÇO:

A campanha Juntos Somos + Rosa é uma ação parte do Outubro Rosa, idealizada por uma jornalista e uma designer de São Paulo, na qual mulheres são retratadas com o objetivo de desmistificar, combater e prevenir o câncer de mama.

Onde: Conjunto Nacional – Avenida Paulista, 2073 – São Paulo/SP

Quando: de 5 a 9 de outubro, das 10h às 15h.

Fanpage: facebook.com/JuntosSomosMaisRosa

 

Entrada: Grátis

Comments are closed.