Bristol-Myers Squibb dá liberdade para gestão da própria carreira

Programa Performance Connections possibilita que colaboradores assumam o controle do caminho a ser trilhado em suas carreiras profissionais dentro da empresa.

Programa Performance Connections possibilita que colaboradores assumam o controle do caminho a ser trilhado em suas carreiras profissionais dentro da empresa.

Flexibilidade, liberdade, reconhecimento rápido e recompensas, além de grande familiaridade com novas tecnologias são algumas das principais necessidades dos profissionais da chamada geração y. Por isso, oferecer espaço para que possam desenhar e decidir como trilhar o caminho desejado para suas carreiras é fundamental. Atenta a esta exigência cada vez mais presente no mercado de trabalho, a biofarmacêutica global Bristol-Myers Squibb tem se adaptado aos novos tempos por meio do programa Performance Connections, uma ferramenta de controle e gestão de carreiras utilizada globalmente, que dá ao colaborador espaço para se auto avaliar, receber feedbacks e moldar sua trajetória profissional de acordo com os próprios anseios.

No último ano, cerca de 12 colaboradores com idade entre 28 e 35 anos, que priorizaram seu plano de desenvolvimento dentro do sistema de performance, tiveram uma progressão na carreira para uma posição sênior e, em alguns casos, foram promovidos a cargos de gerência. Outros realizaram um movimento lateral de acordo com o planejamento da carreira.

“Independente do programa que a empresa ofereça, o funcionário é o responsável pela própria carreira. Nós oferecemos o ambiente propício e as possibilidades. Cada um tem que saber onde esta e aonde quer chegar”, afirma Anna Carolina Frazão, Gerente de RH. O Performance Connections permite gerenciar a própria carreira a partir da definição das metas a serem atingidas no ano, com a correção e redefinição da trajetória após seis meses. E o melhor: totalmente gerido através de um sistema tecnológico conectado à intranet.

Ao acessar a ferramenta, o colaborador é levado a programar suas metas para o ano, realizar reuniões periódicas, formalizar ações para seu desenvolvimento e conversas sobre desempenho, para que o gestor possa ajudá-lo a direcionar sua carreira. Toda a relação entre as duas partes, com base nas metas definidas, oportunidades e viabilidade de treinamento, é medida pelo sistema, cabendo ao interessado se responsabilizar pelos ajustes de acordo com suas aspirações.

Além disso, é dele a responsabilidade por escolher até seis colegas para dar um feedback sobre sua performance e ajudar na avaliação final, a partir da qual será definida a possibilidade de crescimento e o reconhecimento por meio da distribuição de bônus. “Queremos atender as necessidades de mudança desta geração. Eles amadureceram com a internet, que tem ditado a maneira de encararmos o trabalho. Por isso investimos em novas opções de desenvolvimento para essa nova geração de profissionais”, conclui a gerente.

SERVIÇO:
A Bristol-Myers Squibb é uma empresa biofarmacêutica global cuja missão é descobrir, desenvolver e disponibilizar medicamentos inovadores que ajudem os pacientes a superar doenças graves. Eleita a melhor farmacêutica pela revista Forbes no ano passado, foi considerada, em 2012, a Companhia Global mais Admirada pela Fortune e ficou em primeiro lugar na lista das 100 Melhores em Cidadania Corporativa, pela revista Corporate Responsability. Para mais informações, acesse o sitehttp://www.bristol.com.br ou o twitter @bmsnews.

Deixe um comentário

*