Brasileiro é a 3ª nacionalidade que menos fez viagens internacionais em 2018

Quanto a viagens nacionais, o brasileiro foi o sétimo que mais foi para destinos domésticos.

A Booking.com, líder mundial em conectar viajantes com a maior seleção de lugares incríveis para ficar, entrevistou viajantes em 31 países para analisar o comportamento dos turistas no último ano* e entender padrões de consumo e intenções de viagem para o ano de 2019. De acordo com o levantamento, os brasileiros são a terceira nacionalidade que menos viajou** internacionalmente em 2018, atrás apenas dos japoneses e coreanos.

Em termos comparativos, os brasileiros fizeram mais viagens internacionais em 2017, mas, mesmo assim, ficaram entre as cinco nacionalidades que menos viajaram internacionalmente naquele ano. Por outro lado, os brasileiros são a sétima nacionalidade que mais fez viagens domésticas de duração acima de cinco dias em 2018, tendo subido três colocações em relação ao ano de 2017.

De modo geral, 25% dos brasileiros passaram de 5 a 9 dias viajando a lazer no ano passado. Para este ano de 2019, 82% dos viajantes brasileiros pretendem fazer ao menos uma viagem doméstica curta (1 a 4 dias), 70% pretendem fazer uma viagem doméstica de maior duração (acima de 5 dias) e 47% pretendem fazer uma viagem internacional de duração mínima de 5 dias.

Os principais fatores que influenciam na escolha do destino para os viajantes brasileiros são segurança (88%), paisagens naturais deslumbrantes (88%), limpeza (87%), culinária local (87%), praias de qualidade (86%), baixos custos de alimentação e atrações (84%), entre outros. Ao mesmo tempo, as principais preocupações em meio aos viajantes do país são: ter algo roubado (47%), estar em algum lugar onde não se sintam seguros (43%) e a experiência da viagem não valer o investimento (36%).

Na hora de reservarem suas acomodações, 42% dos viajantes brasileiros o fazem por conta própria e 56% usam sites e aplicativos para isso. Além de preços e localização, outros três grandes fatores que influenciam a escolha da acomodação são avaliações dos hóspedes (38%), métodos de pagamento (36%) e instalações da acomodação (32%). Por fim, os serviços e amenidades mais importantes de uma acomodação são wi-fi gratuito (72%), ar condicionado (71%) e restaurante no local (63%).

* Esta análise faz parte de uma pesquisa realizada com 53.492 pessoas de 31 países. Para participar, o viajante deveria ter mais de 18 anos de idade e ter viajado a lazer ou trabalho nos últimos 12 meses.

** Considerando viagens com a duração de 5 dias ou mais.

#Bookingcom #viagensinternacionais #viagensdomesticas 

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*