Botânicos latino-americanos reúnem-se em Salvador

Embratur apoiou a captação do XI Congresso Latino-americano de Botânica que deve atrair cerca de dois mil participantes.

 

Na programação do Congresso estão  previstas excursões científicas à Chapada Diamantina.

Na programação do Congresso estão previstas excursões científicas à Chapada Diamantina.

Acontece durante toda esta semana em Salvador, o XI Congresso Latino-americano de Botânica que levou cerca de dois mil especialistas e estudantes à capital baiana. O evento foi captado com apoio da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). O tema central do Congresso será “Botânica em América Latina: conhecimento, interação e difusão”.

A apresentação e a divulgação dos novos avanços científicos nessa área; as mais recentes tecnologias e as oportunidades de capacitação dos profissionais latino-americanos; além de Conferências Magistrais focadas em temas como a Evolução da Paisagem latino-americana em 120 milhões de anos e a biodiversidade do Continente, também fazem parte da programação do Congresso, que começou no dia 19 e termina na próxima sexta-feira, 24. Estão previstas ainda excursões científicas à Chapada Diamantina.

“A Embratur apoia a captação de eventos de relevância turística, sem esquecer a importância para outras áreas e setores – como neste caso a científica – não só para o Brasil, mas principalmente para todo o continente latino-americano”, disse Maria Katavatis,  da Coordenação-Geral de Congressos, Negócios e Incentivos da Embratur.

Segmento MICE

Em dez anos, os congressos e convenções de negócios realizados no Brasil registraram um aumento de 408%. Conforme os dados do ICCA (Internacional Congress and Convention Association), entre 2003 e 2013, o total de eventos passou de 62 para 315. No mesmo período, o número de cidades que sediaram esse tipo de evento subiu 145%, passando de 22 para 54.

Os 315 eventos realizados no ano passado trouxeram ao Brasil 126 mil visitantes, que permaneceram em media 3,8 dias no País, gerando um movimento de US$ 137 milhões. Ranking divulgado em maio deste ano mostra que o Brasil permaneceu entre os dez países que mais recebem congressos e convenções associativas, passado de 7º para 9º no ranking de 2013. O Brasil ocupa ainda a primeira posição na lista de países sul-americanos que mais apoiam a captação e a realização de eventos do segmento. Em 2013, o Brasil recebeu 61% dos eventos realizados na América do Sul.

Deixe um comentário

*