Aproveite as baixas temperaturas e o feriado para conhecer parques nas montanhas de São Paulo

No feriadão de Corpus Christi, a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente apresenta uma série de opções de passeios para quem gosta de curtir o frio em meio à natureza.

O feriado prolongado de Corpus Christi coincide com o início do inverno que começa no próximo dia 21 de junho. Para quem ainda está em dúvida ou não sabe o que fazer, a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA) apresenta diversas opções de parques estaduais localizados nas serras da Mantiqueira e do Mar para visitar nesses dias frios, mas aquecidos pela beleza natural acentuada nesta época do ano.

Existem opções para todos os gostos, seja trilhas em florestas, praias, montanhas, cachoeiras, cavernas ou paisagens diversas, todas elas estão disponíveis no site Guia de Áreas Protegidas (www.guiadeareasprotegidas.sp.gov.br). O site foi criado para divulgar as riquezas do ecoturismo, do turismo de aventura, das atividades de preservação ambiental ou o puro contato com a natureza e disponibiliza as unidades de conservação por município em todas as regiões do estado de São Paulo.

Os visitantes podem adquirir também o Passaporte das Trilhas do Estado de São Paulo, disponível em alguns parques e na sede da SIMA, e aproveitar para conhecer melhor cada unidade.

Entre as regiões do estado, o cone leste abriga importantes Unidades de Conservação como o Parque Estadual Campos do Jordão, a APA São Francisco Xavier, a Estação Ecológica de Bananal e o Núcleo Cunha do Parque Estadual Serra do Mar. Tudo está no Guia das Áreas Protegidas. Porém, antecipamos aqui algumas dicas para o Feriado de Corpus Christi.

Parque Estadual Campos do Jordão (PECJ)

Município: Campos do Jordão
Avenida Pedro Paulo, s/n – Horto Florestal
Distância de São Paulo: 199 km
Fone: (12) 3663-3762
e-mail: pe.camposdojordao@fflorestal.sp.gov.br
Horário: de segunda a domingo, das 9h às 17h
Ingresso: R$ 15,00 (exceto às quartas-feiras)

Para quem gosta do ar puro e do friozinho da montanha, o PE Campos do Jordão é o local ideal. Primeiro parque do Estado, o PECJ apresenta um patrimônio natural riquíssimo e sua história guarda uma ligação estreita com o desenvolvimento econômico paulista, principalmente a partir de culturas florestais madeireiras.

Sugestões de passeio:
Trilha Monteiro Lobato (indicada para as crianças, com referências à obra do escritor), Trilha das Quatro Pontes, Trilha Cachoeira do Galharada, Trilha do Rio Sapucaí, Trilha Celestina e a Trilha dos Campos, que serpenteia pela Mata Atlântica com Araucárias e Campos de Altitude até atingir 1.900 m de altitude, que confere uma visão panorâmica para o Vale do Paraíba.

Monumento Natural Estadual (MoNa) Pedra do Baú

Município: São Bento do Sapucaí
Estrada Municipal do Bauzinho, km 6 – Bairro Paiol Grande
Distância de São Paulo: 198 km
Fone: (12) 3663-1977
e-mail: mona.pedradobau@fflorestal.sp.gov.br
Horário: de segunda a domingo, das 8h às 18h
Ingresso: R$ 10,00

Quem estiver em Campos do Jordão no feriado não deve deixar de dar um pulinho até a Pedra do Baú, em São Bento do Sapucaí. O Monumento Natural Estadual (MoNa) Pedra do Baú é formado por um fantástico Complexo Rochoso situado no meio da exuberante Mata Atlântica, da qual restam aproximadamente 8% da sua porção original. Está encravado na Serra da Mantiqueira e é considerado um dos principais pontos de escalada técnica do estado de São Paulo, contendo inúmeras vias de escalada.

Sugestões de passeio:
Trilha do Bauzinho, Trilha do Baú e Trilha da Ana Chata.

APA São Francisco Xavier (APASFX)

Município: São José dos Campos – Distrito de São Francisco Xavier
Rua 15 de novembro, nº 1051
Distância de São Paulo: 150 km
Fone: (12) 39261790
e-mail: apa.franciscoxavier@fflorestal.sp.gov.br
Visitação sem restrição
Horário: das 8h às 17h
Ingresso: grátis

Antes de tomar o rumo da serra ou do litoral, outra opção é a APA São Francisco Xavier, no distrito do município de São José dos Campos. Os principais atributos da APA são seus recursos hídricos, a cultura tropeira e o primata muriqui (Brachyteles arachnoides), considerado o maior macaco das Américas. Esse é um importante local de atração para o turismo regional. Possui belíssimas paisagens e cachoeiras características dos ecossistemas da Serra da Mantiqueira.

Sugestões de passeio:
Trilha do Mirante ou Pedra da Onça, Pedra do Porquinho e Cachoeira Pedro David.

Estação Ecológica de Bananal

Município: Bananal
Rodovia SP-247, km 15 + 10 km pela estrada da Madeirith – Bairro Sertão do Ariró
Distância de São Paulo: 362 km
Fone: (12) 3116-2008
E-mail: ec.bananal@fflorestal.sp.gov.br
Visitação com agendamento prévio
Horário: de segunda a domingo, das 8h às 17h
Ingresso: grátis

A EE de Bananal ajuda a proteger um dos últimos remanescentes de Mata Atlântica do estado de São Paulo. Está localizada na Serra da Bocaina, próxima à divisa com o estado do Rio de Janeiro. Conhecida como o paraíso das bromélias, abriga muitas espécies importantes de fauna. Lá se encontra, também, um trecho preservado de 800 metros da histórica trilha do ouro, um caminho de mais de 300 anos, construído por mão de obra escrava e todo calçado por rochas. Essa trilha possui atributos históricos culturais, sendo utilizada em atividades de educação ambiental.

Sugestões de passeio:
Trilha da Cachoeira Sete Quedas, Trilha do Ouro e Trilha Mirante.

Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Cunha

Município: Cunha
Estrada Municipal do Bairro do Paraibuna, km 20 – Bairro Paraibuna
Distância de São Paulo: 250 km
Fones: (12) 3111-2353 / (12) 3111-1818
E-mail: pesm.cunha@fflorestal.sp.gov.br
Visita com agendamento prévio
Horário: de segunda a domingo, das 8h às 17h
Ingresso: Gratuito

O Núcleo Cunha do PESM protege importante remanescente de matas nebulares, a mais de mil metros de altitude, com árvores de grande porte como cedro, peroba, maçaranduba e araucária, que abrigam bromélias, orquídeas e samambaias. Suas florestas preservam importantes mananciais para o abastecimento de água das cidades do Vale do Paraíba e até mesmo do Rio de Janeiro. Suas florestas abrigam muitas espécies exclusivas em risco de extinção, como o sagui-da-serra-escuro, o mono-carvoeiro e o sauá, e aves como o macuco, a jacutinga, a saudade, o cuiú-cuiú, o negrinho-do-mato, o pavó e o gavião-de-penacho.

Sugestões de passeio:
Trilha do Rio Bonito, Trilha das Cachoeiras e Trilha do Rio Paraibuna.

Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Santa Virgínia

Município: São Luiz do Paraitinga
Rodovia Dr. Oswaldo Cruz, km 78 – Alto da Serra
Distância de São Paulo: 208 km
Fones: (12) 3671-9266 / (12) 3833-1230 / (12) 3671-9159
E-mail: pesm.santavirginia@fflorestal.sp.gov.br
Horário: de segunda a domingo, das 8h às 17h
Trilhas: de quarta a domingo, com agendamento prévio
Ingresso: Gratuito

Com extensão de 17.500 hectares, a área do Núcleo Santa Virgínia do PESM compreende as cidades de São Luiz do Paraitinga, Natividade da Serra, Cunha, Ubatuba e Caraguatatuba, na região conhecida como Vale do Paraíba. Por conta do relevo acidentado, que favorece a formação de cachoeiras, o núcleo é um dos principais pontos turísticos de São Luiz do Paraitinga e Natividade da Serra. Além disso, parte da maior porção de florestas intactas do Vale do Paraíba permanece protegida dentro dos seus limites.

Sugestões de passeio:
Um das atividades mais procuradas na unidade de conservação é o rafting no Rio Paraibuna. Trilha do Pico do Corcovado, Trilha do Poço do Pito, Trilha do Ipiranga, Trilha do Pirapitinga e Trilha do Garcês.

Parque Estadual Serra do Mar – Núcleo Padre Dória

Rua Alferes José Luiz de Carvalho, 550 – Centro – Salesópolis-SP
Distância de São Paulo: 100 km
Fone: (11) 4696-0981
E-mail: pesm.padredoria@fflorestal.sp.gov.br
Horário: de segunda a sexta das 8h às 17h70 para agendamento
Aberto aos sábados e domingos
Ingresso: grátis
Monitoria obrigatória

O Núcleo Padre Dória, criado em 2014, com área de 26.154,02 ha, está localizado nas cabeceiras do Alto Tietê e Alto Paraíba, planalto da Serra do Mar distribuído entre Salesópolis, Paraibuna, Biritiba-Mirim, Caraguatatuba, São Sebastião e Bertioga. O Núcleo garante a conservação de diversas formações vegetais de Mata Atlântica, como a floresta ombrófila densa, floresta ombrófila mista e campos de altitude. Das 200 espécies endêmicas da Mata Atlântica, 131 ocorrem no PE da Serra do Mar e 42 estão ameaçadas de extinção.

Sugestões de passeio:
Os Jardins Secretos são um dos destaques do Núcleo. Esse projeto tem como enfoque a educação ambiental e recuperação de espécies resgatadas de diversas áreas e realocadas com o objetivo de garantir a integridade de espécies, principalmente aquelas que correm risco de extinção. Essas coleções de plantas vivas estão sendo implantadas em trilhas de fácil acesso do público e no entorno dos Centros de Visitantes. O orquidário reúne mais de 100 espécies diferentes.

MONA PEDRA GRANDE

Estrada da Pedra Grande, s/n – Bairro Itapetinga – Atibaia-SP
Distância de São Paulo: 86 km
Fone: (11) 4402-3533
E-mail: monapedragrande@fflorestal.sp.gov.br
Ingresso: grátis
Monitoria: opcional

Criado em 2010, o Monumento Natural Estadual da Pedra Grande, criado em 2010, fica na Serra do Itapetinga e abrange municípios de Atibaia, Bom Jesus dos Perdões, Nazaré Paulista e Mairiporã. Sua importância está na preservação da biodiversidade, dos recursos hídricos e do corredor Cantareira-Mantiqueira mantendo a conectividade dos fragmentos florestais.

Sugestões de passeio:
O principal atrativo da unidade é a própria Pedra Branca, um afloramento rochoso, com 1.418 m de altitude, com idade pré-cambriana, ou seja, surgida há mais de 600 milhões de anos. Além da beleza cênica, o monumento abriga “Refúgios Montanos”, áreas mais sensíveis e importantes para conservação, com micro-habitats ricos em diversidade biológica e endemismo. Nesse cenário, há espécies de beleza singular, como bromélias, orquídeas, musgos e espécies ameaçadas como a amarílis (Hippeastrum psittacinum) e a endêmica rhipsalis (Rhipsalis spinescens). Na fauna, destaca-se a rãzona-de-corredeira (Megaelosia boticariana), espécie pouco conhecida e estudada, que ocorre no interior do Parque Municipal da Grota Funda, parque inserido no MoNa Pedra Grande e gerenciado por Atibaia.

#CorpusChristi #SIMA #GuiadeAreasProtegidas #PassaportedasTrilhas #APA #APASFX #EstacaoEcooogicadeBananal #MONAPEDRAGRANDE

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*