A Máquina recebe o ator e comediante João Vicente, do Porta dos Fundos

Nesta terça-feira (02/12), “A Máquina” entrevista o publicitário, ator e comediante João Vicente de Castro. (Foto: Divulgação/Yuri Andreoli) 

Nesta terça-feira (02/12), “A Máquina” entrevista o publicitário, ator e comediante João Vicente de Castro. (Foto: Divulgação/Yuri Andreoli)

No programa, João fala sobre como começou seu canal humorístico do YouTube, “Porta dos Fundos’’ com seus amigos comediantes: “Tudo nasceu de uma insatisfação. Todos nós estávamos muito insatisfeitos com tudo o que a gente fazia e reclamávamos muito, até um dia que a gente resolveu se mexer contra esse momento difícil que a gente estava’’. 

Questionado sobre a maldade no humor ele afirma: “Eu estou parando, estou no MA, ‘maldosos anônimos’ porque eu tenho um humor caseiro. Se a gente sentar pra tomar um Chopp eu vou falar muita maldade porque eu acho engraçado, mas nunca humilhar a pessoa’’. 

Na conversa com Fabrício Carpinejar, o publicitário conta sobre sua infância, que com 13 anos de idade foi morar sozinho em Nova York: “Lá me apaixonei por Nicole de 23 anos e eu tinha 13, eu fiz um grupo de amigos brasileiros mais velhos que me aceitavam. Me apaixonei pela turma e não queria voltar’’. 

João, que namora com a apresentadora Sabrina Sato, também fala sobre seu grau de ciúmes: “Sou muito zero ciumento. Eu já fui ciumento, minha primeira namorada sofreu’’ e ainda revela que não ter ciúmes não perde a graça na vida a dois.

Deixe um comentário

*