Cinco dicas que vão te ajudar a preservar suas semijoias

Limpar e guardar as peças de maneira adequada pode aumentar a durabilidade dos acessórios.

Acessórios como semijoias fazem toda a diferença na composição de um look. Diferente das bijuterias, são conhecidas por terem melhor qualidade e maior durabilidade, mas isso não significa que sejam eternas. A falta de cuidados pode diminuir o tempo de vida útil da peça e fazer com que ela escureça mais rápido.

Mas afinal, porque a semijoia escurece? Bárbara Fonseca, gerente de produtos da Artcoco, marca especializada em joias e semijoias explica que "este tipo de acessório é feito por metais não nobres. Passam por um processo de preparação e, por fim, recebem o banho ou folheamento, compostos por camadas de metais nobres, como ouro, ródio ou a prata". De acordo com ela, são estes metais que reagem com o meio ambiente e fazem com que a peça sofra corrosão e escurecimento.

O vilão do escurecimento das semijoias, sem dúvidas, é a oxidação, que nada mais é do que um processo natural de reação dos metais com o oxigênio presente no ar. E, como o nosso ar está cada vez mais poluído, gases presentes nele aceleram esse processo de escurecimento.

Outra causa inevitável que provoca esse escurecimento é o contato da peça com a nossa pele. E não temos como fugir disso, certo? No suor, escondemos duas substâncias que causam esse escurecimento: o enxofre e o ácido úrico. Além disso, outros produtos químicos presentes nos produtos de beleza, higiene pessoal e higienização doméstica têm substâncias que podem causar a corrosão da peça.

Para evitar esse tipo de desgaste precoce das semijoias, Bárbara separou também cinco dicas que vão te ajudar preservar este tipo de acessório. Veja abaixo:

Posso tomar banho com a semijoia?

Na hora de tomar banho, o ideal é que você tire sua peça e, depois dele, é bom passar logo o perfume e esperar um tempo até ele secar. Só depois disso que você pode colocar a sua semijoia sem preocupações. Este simples hábito já fará com que ela dure muito mais.

Na praia e na piscina, pode?

A areia, o salito e o cloro são corrosivos e vão prejudicar a sua peça, mas fique tranquila. A semijoia é feita para ter qualidade e durabilidade. Então, se você se esquecer e for à praia com a sua semijoia porque está super na moda, tudo bem! Assim como está tudo bem se, na correria, passar o perfume sobre a peça. Os problemas só aparecerão se isso for algo rotineiro.

Como realizar a limpeza da peça?

Para limpar sua semijoia, principalmente depois de ter ido à praia ou depois de ter passado um perfume em cima dela, use sempre um sabão neutro e água. Você pode lava-la na torneira, em água corrente, e enxagua-la bem.

Para secar, o ideal é usar um papel toalha ou um guardanapo, pois ele absorverá mais a água do que um pano comum. Na hora de passar o pano sobre a peça, tenha cuidado para não quebrar ou danificar. Você também pode finalizar a secagem com um secador, mas sempre no vento frio.

Mas que fazer se a peça continua um pouco mais escura ou sem brilho mesmo após a lavagem?

Essa dica é clássica e, na maioria das vezes, funciona muito bem. Basta pegar uma pasta de dente branca e colocar uma quantidade pequena em uma flanela. Depois disso, passe o pano na semijoia sempre mesma direção, com cuidado para não danificar a peça. Sempre que terminar este processo, lave sua peça com água e sabão neutro, pois a pasta de dente tem substâncias químicas que podem prejudicar sua peça. Justamente por isso, o ideal é fazer isso só quando for extremamente necessário. Para finalizar você pode secar com uma flanela seca, com movimentos sempre na mesma direção, o que trará mais brilho à peça.

Como guardar?

A forma com que você guarda a sua semijoia faz toda a diferença para sua durabilidade. Portanto, é importante guardá-la em um lugar longe de luz, calor e umidade. Além disso, as peças devem ficar separadas, pois qualquer tipo de atrito pode ser prejudicial. Neste sentido, as maletas forradas por tecido e com divisórias para diferentes tipos de acessórios podem ajudar.

Uma opção mais barata para guardar suas semijoias, mas igualmente eficiente, são aquelas caixinhas de plástico com divisórias e diferentes compartimentos. Caso você tenha brincos maiores ou pulseiras grandes que não cabem nestas caixinhas, outra alternativa são os gaveteiros.

Usando essas dicas, com certeza você vai aumentar o tempo de vida da sua peça e ter suas semijoais lindas por muito mais tempo.

#semijoias #Artcoco #BarbaraFonseca

 

Deixe um comentário